Sobre Mudanças e Relutâncias

Eu adoro mudanças. Já disse isso diversas vezes aqui no blog. E eu achava que era verdade, até ter que sair do meu setor no trabalho.

10806210_10205473297738127_5404745867351120015_n

Eu encarava a mudança como uma amiga, uma aliada. Uma nova chance de recomeçar. Talvez eu tenha aprendido isso de tanto mudar de escola, de não querer me apegar muito as pessoas, quem sabe. Não é que eu tenha mudado de opinião, eu ainda gosto do sentimento de que algo novo vai começar, ainda gosto de tentar coisas diferentes, de me aventurar pelo desconhecido.

DSC_0989_1

Mas pela primeira vez eu não tive vontade de sair dali. Você deve pensar que é porque estava na minha zona de conforto. E pode até ser verdade, conforto de saber que encontraria pessoas maravilhosas todos os dias, conforto de saber com certeza que posso contar com eles pra tudo, conforto de amar as pessoas com quem trabalhei por 4 anos. E eu nem sabia que me sentia assim, até o dia em que anunciei pra eles que seria minha última semana trabalhando lá. E chorar como um bebê.

Eu ainda vou lá às vezes. Eu abraço cada um deles e tento passar meu carinho e saudade desse jeito.

DSC_0980

E a vida é assim. Às vezes nos surpreendemos conosco mesmos. Às vezes achamos que tal pessoa não faria falta em nossas vidas, mas faz. Às vezes é bom nos afastar para dar valor, ainda bem que eu sempre dei valor. Tudo vai me fazer falta, mas eu guardo na memória e no coração cada momento que passamos juntos, nossas risadas, a personalidade de cada um, e o amor que eu sei que vocês também têm por mim.

DSC_0973

DSC_0977

 

O que importa é ser feliz pelas pessoas que conhecemos e pelos momentos que vivemos. E viver novos momentos, e deixar o coração crescer para amar mais pessoas.

 

 

IMG_20150227_085554

Beijinhos!

Sobre o número 2

DSC_5551

É engraçado que eu sempre amei o número 2. Quando me pediam para escolher um número, eu sempre escolhia o dois. Afinal, 1 é pouco, 2 é bom, né? Sem contar que eu nasci no dia 02 e foi num dia 02 que eu me casei no Templo, por coincidência.

Tenho 2 anos, 2 meses, 2 semanas e 2 dias vivendo no mesmo teto com o homem da minha vida. E eu não sei porquê, mas não podia deixar esse dia passar em branco. Então vim aqui, no meu blog que fez 2 anos, escrever às 2 horas da tarde sobre um número importante e que eu nunca tinha percebido até hoje. Eu já disse que nasci no dia 02?

Então hoje eu deixo com vocês 2 coisas que eu notei nesses 2 anos, 2 meses, 2 semanas e 2 dias.

1) Rapadura é doce, mas não é mole.

Cuidar da casa não é fácil. Da feira, das finanças, tem a comida do cachorro, a pia quebrou, tem prato pra lavar. Não é fácil. Mas é seu.

É sua casa, sua feira, seu dinheiro, seu cachorro, sua pia… é de vocês dois. E é maravilhoso que você já tenha tudo isso! Então eu notei que não posso reclamar. Se eu tenho pratos pra lavar, não é uma bênção que eu comi e sujei aqueles pratos? Tomara que eu tenha pratos para lavar todos os dias!

Mas que alguns dias o Igor lave.

2) Eu já esqueci.

Pois é… ontem eu fiquei chateada com o Igor por algum motivo. Algo bobo. A gente conversou sobre isso no whatsapp, porque os dois estavam trabalhando e eu me decidi que estava com raiva dele. Mas, antes mesmo de ele ir me buscar no trabalho eu esqueci. Esqueci do que eu deveria ter raiva.

Quando ele chegou, eu sorri, e ele me fez rir todo o caminho até em casa e tinha alguma coisa lá no fundo da minha consciência que me dizia que eu estava com raiva; mas eu não estava de verdade. Aí eu notei que não era a primeira vez. Que eu não consigo ficar mais tanto tempo com raiva e que isso só pode significar que ou a) eu aprendi a perdoar e não dar valor a coisas bobas ou b) o casamento me causou amnésia.

#100HappyDays #14

Oi minha gente! 🙂

Tenho, tipo, milhares de trabalhos pra fazer, mas só consigo pensar nas férias haha! Como faz pra focar na faculdade e esquecer que daqui a 23 dias vou poder relaxar e gravar vários vídeos pra vocês? Não dá! Estou muito animada!

Ah, mas não achem que por causa disso não vai ter vídeos daqui pra lá, não! Estou me programando pra fazer um vlog bem legal pra vocês.

Mas por enquanto vamos conferir as fotos do #100HappyDays 🙂

66

Dia 66: Não tinha Internet no paraíso ❤

(Fim de semana na Barra de São Miguel, muito bom *-*)

67

Dia 67: amorzinho! ❤ 

68

Dia 68: Felicidade é saber que seu esforço valeu a pena ❤ 

(O trabalho da minha equipe foi um dos dois trabalhos escolhidos na nossa turma para expor na semana de extensão da faculdade, fiquei muito feliz!)

69

Dia 69: Felicidade é ver o album de casamento pela milionésima vez ❤

70

Dia 70: relembrando… ❤ foto by @tassiades #bodasdepapel #saudade 

-*-*-*-

@suhbcm

Respondam o perfil do leitor! 🙂

Beijinhos!

#100HappyDays #9

Oi minha gente!

Como prometido, as fotos dos 100 happy days. Agora estou em dia com as fotos! 🙂

Ah, as minhas provas finalmente acabaram, então espero voltar a postar aqui com mais frequencia, não só fotos, né hahaha Se bem que já temos vários trabalhos novamente para fazer, mas é assim mesmo!

 

41

Dia 41: #MomentoOutback

42

Dia 42: Tirar 10 ❤ 

43

Dia 43: ê, chegou!

44

Dia 44: Vamo que Vamo, trabalhar que a noite é uma criança! 😉

Nossa, nesse dia desenhei até 4h da manhã!

45

Dia 45: Yay *-*

Aguardem… Sim, MAIS fotos! Hahahaha

-*-*-*-

Me sigam no Instagram: @suhbcm

Beijinhos!

 

#100HappyDays #5

Oi genteee! 😀

Tudo joia? Vamos ver as últimas 5 fotos?

Quem quiser participar, tem aqui o link pra se registrar, pessoal: http://www.100happydays.com

21

Dia 21: leitura noturna e chazinho de morango

22

Dia 22: Trabalhos e mais trabalhos. Cansada, porém feliz.

23

Dia 23: Yay! Sinais até de madrugada de novo /o/

24

Dia 24: Passar o dia juntinho do meu baby ❤#amomuito

25

Dia 25: Profeta Monson – Conferência Geral *-*#ldsconf #lds 

-*-*-*-*-

Me sigam no Instagram! 😀 @suhbcm